Modalidade de trabalho influi no retorno financeiro do dentista

3 minutos para ler

O caminho até a estabilidade não é fácil e é preciso ter disciplina para traçar um caminho profissional de sucesso, seja no setor público ou privado. O retorno financeiro do dentista está associado às opções por modalidades de trabalho, o que deve ser levado em conta ao planejar a carreira. Continue a leitura e veja quais são as possibilidades.

 

Retorno financeiro do dentista no setor privado

O dentista pode optar por trabalhar em clínicas e consultórios odontológicos particulares. Dentro desse setor, existem as seguintes opções:

Dentista autônomo – captar clientes e se estabelecer na área pode ser difícil no começo da carreira. Os custos dos materiais são altos e o dentista ainda não tem uma grande clientela. Se essa for sua primeira opção, você pode se credenciar em planos de saúde e fazer investimentos na área de marketing odontológico para ganhar destaque na área.

Consultório em sociedade – seja com alguém da família que atue na área ou com colegas de confiança, esse é um caminho mais fácil para dar os primeiros passos na carreira. Ter alguém com experiência na área dá mais segurança na tomada de decisões e aumenta as chances de sucesso.

Franquias odontológicas – o franqueado tem benefícios dentro do mercado atual, pois já inicia a carreira com um nome forte no mercado. A confiança da marca ajuda na captação de clientes. Entretanto, é preciso levar em consideração os custos mais altos das franquias.

O piso salarial para dentistas (estabelecido em 2017) em contrato é de:

  • 40 horas semanais – R$5.622,00;
  • 20 horas semanais – R$2.811,00;
  • O adicional de insalubridade pode variar de 20 a 40%, de acordo com o laudo pericial e a previsão legal.

Esse valor pode variar de acordo com os ganhos da clínica e o pró-labore estabelecido pelos profissionais associados. É importante ressaltar que, independentemente da escolha, é preciso ter planejamento para gerir o consultório odontológico como uma verdadeira empresa.

 

Oportunidades para o dentista no setor público

Os concursos públicos são uma boa opção para os dentistas que estão começando e ainda não possuem condições financeiras de montar um consultório próprio. Entretanto, no setor público, os valores da remuneração variam se o vínculo empregatício for federal, estadual ou municipal, de acordo com a região de trabalho e conforme a carga horária. Cada concurso estabelece um piso salarial próprio, que muitas vezes está abaixo do que o setor privado paga.

A diferença salarial faz com que muitos dentistas percam o interesse na área pública, o que causa a falta de profissionais no setor. Entretanto, os cargos públicos oferecem a vantagem da estabilidade, muito importante nos dias de hoje. É possível, inclusive, conciliar um trabalho no setor público e outro no setor privado.

Diante de todas as possibilidades, veja qual das modalidades está mais próximo da sua realidade e qual parece ser mais rentável para você. Pensar a curto, médio e longo prazo também é importante para que você atinja seu objetivo profissional no futuro e chegue onde sempre desejou.

 

Veja também

Posts relacionados

Deixe um comentário