4 dicas para um bom networking na Odontologia

5 minutos para ler

Na Odontologia, estabelecer conexões tem um valor inestimável. Sabe por quê? Ao colocar em prática estratégias de networking, você pode encontrar um mentor que vai lhe abrir portas ou então poderá dar início a parcerias com colegas que poderão indicar pacientes em busca da sua especialidade.

Mas a gente sabe: na correria do dia a dia, é preciso pensar em formas de fazer networking sem sobrecarregar a agenda. Felizmente, existem muitas maneiras ​​de melhorar esse jogo, que estão longe de parecer um trabalho extra e ainda permitem que você crie conexões valiosas. Para dar dicas nesse sentido, contamos com a ajuda do dr. Fábio Azevedo, especialista em Implantodontia, mestrando em Periodontia e consultor científico da S.I.N. Implant System.

Afinal, como o networking impacta a rotina do dentista?

Antes de mais nada, “sua carreira odontológica é o que você faz dela!”, diz o dr. Fábio. E a gente tem que concordar, não é mesmo? Sair da sua zona de conforto e se conectar com outras pessoas tornará sua carreira ainda mais gratificante. O especialista destaca que o networking é fundamental, já que é natural do ser humano se relacionar e compartilhar interesses. Assim, em qualquer área, para expandir sua atuação e conquistar novos trabalhos, é preciso estar atento à rede de contatos.

E, bem lembrado pelo doutor: implantodontistas, por exemplo, devem ter um forte relacionamento com periodontistas, já que todas as estruturas ao redor dos dentes (gengivas, ossos e ligamentos) têm impacto sobre os implantes. Dessa forma, o colega periodontista pode indicar pacientes para você, especialista em implantes. Mais uma vez, compartilhar é a base do relacionamento humano… e é justamente por isso que a indicação boca a boca é tão importante! Acima de tudo, estar próximo aos profissionais do setor ajuda a garantir que qualquer dentista aproveite ao máximo sua carreira.

Dicas espertas de networking (para sua carreira decolar!)

1.Conecte-se nas redes sociais. Esta é uma maneira acessível e gratuita de se comunicar com profissionais de odontologia em todo o mundo. Ver outras pessoas compartilharem ideias e postarem fotos de suas experiências pode ajudar a melhorar seu atendimento. Além disso, fazer amigos nas mídias sociais é uma ótima maneira de se conectar a outros profissionais que compartilham sua paixão. O dr. Fábio dá especial destaque para o LinkedIn, rede social que, por ser focada no universo profissional, é altamente eficiente quando o assunto é networking. Por ali, dá para encontrar pessoas com quem seus contatos já trabalharam e de repente elas possuem certas habilidades ou talentos que podem lhe interessar… sensacional! Já o Facebook está repleto de grupos para profissionais de odontologia. Geralmente, estas comunidades são mais casuais, criadas para conversas em torno das novas tecnologias até a diversidade de técnicas nos procedimentos clínicos e cirúrgicos. Elas são um ótimo lugar para se fazer perguntas, esclarecer dúvidas e compartilhar ideias, sendo uma maneira gostosa de se agregar conhecimento.

2. Participe de eventos. A Odontologia é uma área cheia de palestras, encontros científicos, congressos e feiras que a gente adora, só que tem mais: marcar presença nestes eventos é uma excelente forma de se conectar com outros profissionais e dar início a parcerias. Por isso, lembre-se sempre de levar seu cartão de visita.

3. Invista em educação. Os cursos de educação continuada são ótimos ambientes para se fazer novos colegas e conexões. Que tal começar se apresentando à pessoa sentada ao seu lado? Aqui, vale utilizar as mesmas habilidades de conversação que você usa diariamente para quebrar o gelo com os pacientes. Discutir um caso interessante que você viu recentemente é uma boa forma de iniciar a conversa. Estender o papo em um café após o curso também pode render indicações de fornecedores, troca de conhecimentos sobre procedimentos e materiais, práticas no dia a dia do consultório, etc.  Ah, e não deixe de fazer contato com o professor, ele está ligado nos movimentos acadêmicos do setor e pode ter informações riquíssimas sobre  o que há de mais atual na odontologia, além de ter potencial para desempenhar o importante papel de mentor, ao dar dicas sobre que especializações são mais interessantes para o seu momento profissional.

4. Tenha um trabalho voluntário. Se voluntariar para ajudar organizações é uma ótima forma de fazer networking. Isso porque você pode conhecer outras pessoas da área e ter o seu nome associado a um projeto relevante. Além, é claro, de contribuir para uma sociedade mais justa. Inclusive, você sabia que é possível atuar como voluntário em eventos odontológicos? Se não tiver disponibilidade para um trabalho contínuo, esta é uma boa maneira de praticar o voluntariado e fazer contatos. Aí está o maior segredo do networking: estar atento às oportunidades! Preparamos um conteúdo falando mais sobre isso, confira clicando aqui.

E aí, gostou deste artigo? Nós, da S.I.N. Implant System, estamos aqui para ajudar você a conquistar o máximo sucesso no seu dia a dia no consultório. Para conferir outras dicas sobre o mundo dos implantes e da Odontologia, siga nossas redes sociais: Facebook e Instagram e também nosso canal no YouTube.


Posts relacionados